• Portes Grátis para compras superiores a 50,00 €.
Região

Região

Alentejo, Estremoz

Castas

Castas

Aragonez, Touriga Nacional, ..

Produção

Produção

n/d

Vinhas

Vinhas

33 hectares

Miguel Louro é a alma da Quinta do Mouro. Adora o que faz, e isso percebe-se na emoção com que fala dos seus vinhos.

História

A quinta no Alentejo, em vez do porsche na garagem

A Quinta do Mouro está situada às portas da cidade de Estremoz, e pertenceu por séculos à família Zagalos, uma das mais abastadas da cidade. Esta original “quinta” no Alentejo, onde dominam as vastas herdades, possui uma casa apalaçada do séc. XVIII, jardins encantadores, caramanchões e tanques setecentistas. Em 1979, com apenas 26 anos, a sorte ditou o destino de Miguel Louro numa mesa de póquer, entre amigos, ao surgir-lhe o dilema de comprar um Porsche ou a Quinta do Mouro. Os primeiros hectares de vinha seriam plantados em 1989, após uma incursão falhada na pecuária, sendo hoje um dos mais icónicos produtores de vinho da região.

Com o objectivo de criar grandes clássicos no Alentejo, os primeiros 6 ha de vinha foram plantados em 1989. Através de sucessivas experimentações e adaptações, Miguel Louro percebeu que a chave para atingir a sua meta passava por uma viticultura peculiar, não só no que respeita à escolha criteriosa das castas, como à condução pouco habitual das vinhas, plantadas maioritariamente em solos de xisto, de baixa produtividade e sem rega. Nos actuais 33 ha de vinha, predominam as castas autóctones Aragonês, Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Trincadeira, Arinto, Antão Vaz e Verdelho, bem como as castas internacionais Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot e Petit Syrah.

Miguel Louro é a alma da Quinta do Mouro. Adora o que faz, e isso percebe-se na emoção com que fala dos seus vinhos.

História

A quinta no Alentejo, em vez do porsche na garagem

A Quinta do Mouro está situada às portas da cidade de Estremoz, e pertenceu por séculos à família Zagalos, uma das mais abastadas da cidade. Esta original “quinta” no Alentejo, onde dominam as vastas herdades, possui uma casa apalaçada do séc. XVIII, jardins encantadores, caramanchões e tanques setecentistas. Em 1979, com apenas 26 anos, a sorte ditou o destino de Miguel Louro numa mesa de póquer, entre amigos, ao surgir-lhe o dilema de comprar um Porsche ou a Quinta do Mouro. Os primeiros hectares de vinha seriam plantados em 1989, após uma incursão falhada na pecuária, sendo hoje um dos mais icónicos produtores de vinho da região.

Com o objectivo de criar grandes clássicos no Alentejo, os primeiros 6 ha de vinha foram plantados em 1989. Através de sucessivas experimentações e adaptações, Miguel Louro percebeu que a chave para atingir a sua meta passava por uma viticultura peculiar, não só no que respeita à escolha criteriosa das castas, como à condução pouco habitual das vinhas, plantadas maioritariamente em solos de xisto, de baixa produtividade e sem rega. Nos actuais 33 ha de vinha, predominam as castas autóctones Aragonês, Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Trincadeira, Arinto, Antão Vaz e Verdelho, bem como as castas internacionais Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot e Petit Syrah.

Galeria

Deseja estar presente no Vinhedo?

Entre em contacto connosco para colocar os seus vinhos na nossa loja.